segunda-feira, 28 de maio de 2012

ORGANIZAÇÕES REDOMA GLOBAL


Estamos aqui direto da ORG (Organizações Redoma Global) para dizer que definitiva e inexoravelmente todos os seus problemas acabaram!
Olhe só que maravilha a nossa nova realização, mais uma da rede de mídias e negócios da Redoma, a empresa que garante o seu direito à felicidade plena, privando-lhe de todos os abscessos da anti-estética da Miséria, higienizando a sua vida por todos os lados como uma redoma de prazer, ternura e limpeza... Sabe por que? Porque você tem o direito de escolha! Você tem o direito de não se infectar com as doenças do mundo... Este aqui é seu mais novo Projeto de Vida!, um condomínio totalmente projetado para você que pode pagar e exige a nossa excelência! Veja que globelezura: dentro dessa enorme redoma blindada, casas belíssimas, com designes incríveis da Art Noveau americana, respiram o mais puro oxigênio de primeira linha, vindo por tubos subterrâneos diretamente do coração da RFA (Redoma Florestal da Amazônia), onde nossas árvores crescem mais, muito mais, graças aos milagres da engenharia genética!
No conforto da sua sala, livre de toda turbulência e caos urbano, você poderá ligar tranquilamente seu televisor nos nossos canais previamente configurados de acordo com os seus gostos e interesses mais particulares, detectados lá seu perfil que vigiamos 24  horas por dia na internet, auxiliando-o na sugestão da compra de todos os bens que lhe são caros e necessários.
Pode ficar sossegado, em nossos telejornais a pobreza virá sempre revestida de uma música  com melodia de alto teor positivista, com ares da mais profunda superação!, e será tão rápida que você nem se dará conta de que tudo isto ocorre fora da sua redoma higienizada, da sua casa higienizada!
E não pararemos por aí!: já estão em testes o nosso mais ousado e futuro empreendimento, a auto-redoma que te proporcionará andar pelo mundo totalmente protegido dos sons, odores e imagens desagradáveis. Matérias sobre o glamour dos interiores da casa do seu vizinho serão o nosso carro-chefe, estas sim, com o devido aprofundamento teórico, pesquisas, e palavra oficial das autoridades competentes.
E não pense que é só isso!: nossas telenovelas terão, como sempre, pobres para a sua diversão - claro, cem por cento higienizados! -, com vozes e falas divertidíssimas, concordâncias verbais inusitadas, e jargões pra lá de engraçados! Isso tudo para você e sua família rolarem de rir no sofá, sem se preocupar com a indelicadeza de tê-los à porta de casa pedindo comida, roupa ou atenção.
Então não perca tempo, venha você também para a Redoma Global e deixe que o mundo se exploda lá fora! E lembre-se...
“Redoma é você: a gente se vende por aqui!”


* Esse texto conversa com a canção "Abrigo Nuclear" da banda "Premeditando o Breque". Ouça no link: http://www.youtube.com/watch?v=ZMw2HaIBe98

* Assista o documentário "Muita Além do Cidadão Kane", da BBC de Londres, no link: http://www.youtube.com/watch?v=049U7TjOjSA

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Inspiração do grande Tonho Oliveira! Confira abaixo o slogan e a incrível ilustração que ele me enviou!


"Cinismo+Lágrima de Crocodilo" é marca REGIST®ADA da GLOBA(na)LIZADA TV GLOBO e o ®esto televisivo!"




Visite os blogs do Tonho!





quarta-feira, 16 de maio de 2012

UMA MÁCULA DE DELICADEZA



Para além do “certo” ou “errado” em intervir numa obra de outrem (por que isto foi uma intervenção, não um “vandalismo", como querem pregar), ficamos com a imagem emblemática deste bandeirante que, em si, retrata muito bem o nosso tempo, seja nas artes, seja na cultura, seja nas subjetividades.

Macular com delicadeza essa figura horrenda é, num primeiro instante, provocá-la, abalar seu status irretocável dos livros de História;

num segundo instante, é abalar o já instável “gênero masculino”, justamente neste Ser que representa um momento da história em que o “masculino” e o “feminino” estavam fortemente apregoados, sobretudo pela religião, que visceralmente avalizava a figura patriarcal e viril dos “homens”, facilmente reconhecido por qualquer homo sapiens do sexo masculino.

Com a dita revolução (em processo) sexual e feminista, os gêneros se aproximaram um do outro, outros vêm surgindo, e a “transgeneridade” é um fato social que, independentemente de querermos ou não a ela tapar o olhos, está por aí, pipocando no nosso caldeirão antropológico.

Denúncia, ressignificação antropológica, releitura e intervenção artística, tudo isso emoldura esta foto... Limparam a estátua, mas a imagem já é nossa, e faço questão de lançá-la ao ventilador digital da nossa era e às antenas atentas do (in)consciente coletivo!


("Monumento às Bandeiras" - Victor Brecheret)



segunda-feira, 14 de maio de 2012

Link REBOSTEIO nº 3 e Ilustração Tiago Costa



Link para a leitura on-line da edição de nº 3 da  revista REBOSTEIO digital - temática "Cultura Negra"!

Nesta edição, meus poemas "Laroiê!" e "Rosa Vermelha" contaram com a ilustração, sempre especial, do parceiro-irmão Tiago Costa, e (como ela está toda em p&b) vai na sequência, para apreciação de todos, a versão em sangue desta inspiração afro!



sábado, 12 de maio de 2012

MERGULHO



in                     in
in-só                in-sol  

insó                 insol
     l                        ú   
     i                        v
     t                        e               
     o                        l

in-signo           insígnia
      
            t        e     
      n                    s           
    a          IN          i
     c                      g  
        i                 n      
             f       i        

CRISE DE EGOCIDADE



u                                           e
     >>>>>>>>>>>>>>>>>>      
     
           ... cadê EU?
                                               
        foi o U ou foi o E
           que se perd  ?
     
    <<<<<<<<<<<<<<<<<< 
                                         u



sexta-feira, 11 de maio de 2012

CONTA DE DEDOS


dos males o amor
é o maior de todos

         o ódio
 - vizinho mindinho -

só fura bolo
ou mata piolho

{pendura na conta:

meu deus +
meu pai +
meu irmão +
meu partido +
minha música +
crença + crendice +
cor + cabelo + nação

(e o Outro,
                    pobre Outro)} =


só tenho duas mãos
     



"A Grande Mão" - escultura de Oscar Niemeyer
(Praça Cívica, Memorial da América Latina, São Paulo/SP )
     

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Lançamento da REBOSTEIO impressa no sarau PATUSCADA!


Caríssimos, a parada é a seguinte: pouca-bosta é bobagem!

Então, numa belíssima parceria com a Editora Patuá, a revista digital de Artes e Cultura “REBOSTEIO” - após 4 tiragens virtuais (edições de nº 0, 1, 2 e Especial HQ) - chega à edição de nº 3 com a temática “Cultura Negra” e, pela primeira vez, com tiragem também impressa!

A qualidade gráfica do virtual, design e diagramação, e o principal - conteúdo acima de qualquer suspeita! - claro que também rebostearam no papel!




... e não poderia ser em melhores lugar ou ocasião:




Autores/editores:

Aline Rocha, Eduardo Lacerda, Rubens G. Pesenti, Mercedes Lorenzo, Willian Delarte, Leonardo Mathias, Elisa Andrade Buzzo, Vlado Lima, Anderson Lucarezi, Juliana Bernardo, Lilian Aquino, Lucas Puntel Carrasco, Barbara Leite, , Israel Antonini, Lígia Araújo, Acauam Oliveira, José Vírgínio, Marco Aqueiva, Fatyma Bryto, Rogério Fernandes, Leandro Rafael Perez, Nestor Lampros e Renato Silva. 

Vai ser Cultura e Arte no ventilador, e Amuletos pelos ares!

Tem coragem de perder?


Entrem nos sites e conheçam um pouco mais a revista REBOSTEIO e a Editora Patuá:

http://rebosteio-revistadigital.blogspot.com.br/
www.editorapatua.com.br/


Curta a página da Rebosteio e confira os links para leitura das nossas edições anteriores: https://www.facebook.com/media/set/?set=a.329152633766602.104871.328940413787824&type=3


Então é só chegar, se misturar, e prestigiar!

Compartilhe o evento, convide seus amigos, rebosteie!

Axé!


Editores Rebosteiros: Rubens G. Pesenti, Mercedes Lourenzo e Willian Delarte.





DELARTE - OBRAS PUBLICADAS:

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)

SENTIMENTO DO FIM DO MUNDO (poesia)
Clique nas imagens e adquira os livros pelo catálogo da Editora Patuá. Também podem ser encontrados nas Livrarias Cultura e Suburbano Convicto (SP).

CRAVOS DA NOITE (contos)

O Alien da Linha Azul (poesia)

O Alien da Linha Azul (poesia)
Aquisições com o autor ou no Bar & Livraria Patuscada